3.12.06

Eu...

Eu...não me entendo,
Me surpreendo
Como pode uma pessoa levar em sua vida malas e mochilas tanta paixão????Como ?????
Ontem aprendi...não se jogue em um relacionamento...pq assim vc tera feridas!
Hoje ja esqueço de tudo isso e me transformo em romântica novamente!
Hunf nem eu me aguento com tanto amor...carinho e querer bem aos outros...
Como sera que as pessoas irão receber????
É claro que com um baita susto...
Aprendi...logo quando olho uma pessoa não posso idealizar e nem ligar e mandar mensagens no celular...mas ainda assim continuo a mesma romântica ...e o pior é que agora todos sabem, ou seja sou uma romântica assumida!!!!


Românticos
"Românticos são poucos,
Românticos são loucos, desvairados
Que querem ser o outro,
Que pensam que o outro,
É o paraíso.
Românticos são lindos,
Românticos são limpos e pirados
Que choram com baladas,
Que amam sem vergonha e sem juízo
São tipos populares, que vivem pelos bares
E mesmo certos vão pedir perdão
E passam a noite em claroconhecem o gosto raro
De amar sem medo de outra desilusão
Romântico é uma espécie em extinção.
Românticos são poucos,
Românticos são loucos"

Uma musica para os românticos de plantão

5 comentários:

Rubens disse...

não entendi, querer bem ao outro ou aos outros? é bom poder aprender e não deixar que as marcas te impeçam de seguir...

Lis Bella disse...

Depende do referenciaL...pode ser ao outro(especifico), e tbm aos outros...

O Véio disse...

Faça como eu: Não se apegue muito.
Também estou cansado de sofrer assim.
Vivo minha vida intensamente. Ao primeiro sinal de desprezo, estou pronto pra próxima, pois não construi alicerces. Sou nômade, mas amo cada moradia temporária. Só que busco me libertar delas a cada nova mundaça...


;-)

Jane Krist disse...

Hummm romântica assumida... Isso é raro. Românticos(a) são tidos em quase todos os casos como um caso perdido, ou sofredores em meio ao mundo do instante. E eu concordo, o romântico é sofredor sim. Isso se dá por que muito pouco dos seres humanos sabem a essência que corre nas veias dos românticos. Lamentavelmente hoje a sociedade por traz das garras do egoísmo conseguem amar só a própria imagem, talvez nem isso. E assim estranham os olhos dos românticos, as falas dos românticos. Desconfio que os românticos analisem com cuidado por horas a fio antes de entregar o amor, por saber o quanto vale esse nome. Mas um belo poema que meus olhos se alegram em ler.Um abraço...

O Véio disse...

Oi, Lis!!

Não acessa muito seu blog, né?

Viu, postei uma espécie de charada no meu. Tá meio oculta. Muita gente nem percebeu que é uma charada mesmo, então estou te convidando a desvendá-la.

Topa o desafio?

;-)