23.12.06

Feitas para amigos (a)

Paty...
Patricia
Alguem nasceu
A manhã clara ,suave escureceu
Trazendo em sua bagajem
A luz de seu nome.
Nome é a figura limitada de um ser
Mas se limitar é ter nome
Quero ser um ser vivente e sem nome.
Quero viver e ser
Viajar e nascer
Como o solComo o ar
Como todas as figuras de linguagem
Como elipses em versos Quero não querer ser somente um nome
Quero ser!
Quero existir!
E não ter um nome
E assim viver o limite de não ter limites.




Fabiana...

Menina mulher
Em cada olhar
Em cada gesto
A cada gestuar
Sinto a mudança constante de te olhar
E ver te como menina mulher
Em horas atraente
Em horas carente
Mas em toda hora hora
Minutos sem fim e ficar olhando a pessoa amada
Hora menina hora mulher
Mas sempre hora

Lis

Nenhum comentário: