23.11.09

RUTRA-IWANSKI

Não acredito em suas palavras
A pior lacuna,falta, silêncio, mentira é aquela que parte do sentir do enganar
E se faz no toque percorrendo todos os sentidos
E a sua mentira ultrapassou os limites de todos os meus sentidos resultando na mais pura depressão
Abandono de projetos,abandono de palavras,toques,cheiro,suor,do intimo do toque
Simples abandono que se faz por existir
A dureza de seu olhar para com meus sentimentos só hoje são evidentes
ódio?loucura?
Não se sabe só se senti
E o sentir nessas relações estúpidas não passa de masturbação
O um ,dois os vários números não significam nada além do própio significado
O bom dia!(sorriso)
Boa noite(beijos)
São lançados ao léu são devaneio
E tudo é esquecido,desconhecido tratado como eterno enquanto durar
O abandono do outro da construção com o outro,dos dois,três,quatro...é ignorado
É natural
Natural também é um tiro na cara,facada,estupro e tudo não passa de abandono


Lis
23/11/2009

Um comentário:

cajds disse...

faz de conta que estou dando um grande assobio. muito bom.